Templates da Lua

Perfil

Meu perfil

BRASIL, Sul, MARINGA, Mulher, Portuguese

Histórico

+ veja mais

Votação

Dê uma nota para meu blog

Outros Sites

XML/RSS Feed
O que é isto?

Leia este blog no seu celular

Visitante Número

Créditos

Templates da Lua

23.05.10

Sangue, apenas

As mãos repletas daquele sangue amargo que escorria pela boca da companheira. As unhas tomadas pelo ódio que sentira instantes antes do ato final. A certeza de que muitas vezes aquilo que agora era real fora vontade tantas e tantas vezes. E dentre essas vezes, as vontades ainda maiores de reatar, de consertar o que estava estragado entre eles. Mas ele não tinha mais paciência. Ele não via mais esperanças naquele caso mal resolvido que o tempo fez questão de tornar morno, murcho, cheio de pó.

Ela empalidecida sobre a cerâmica que haviam acabado de trocar. Clara cerâmica, clara expressão da jovem moça que era cheia de esperança e ilusões. Iludida, ludibriada por um alguém que a merecia, sim, só que de outra maneira, que não aquela. Tão violenta e direta maneira de "amar". Se é que alguma vez ambos pensaram nisso. Em amor. Em entrega, confiança.

Ele, por fim, cansado. Vencedor e vencido ao mesmo tempo. Da mesma forma que ela. Vencida por completo. Sem volta. Sem desculpa. Apenas vencida.


Escrito por Lolita às 16h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]